Estamos preparados para garantir segurança para você e sua equipe em nossos ambientes. Acesse o material completo com nossas medidas para prevenção do Coronavírus. Acesse agora Acesse

Novidades 18nov2020

Um coletivo de empreendedores para se inspirar: conheça o Onjó

Quem tem acompanhado nossas redes e trocado ideia com a gente pelos corredores do Nex, já deve ter ouvido falar sobre um novo coletivo fundado por empreendedores do Rio e Curitiba que se conectaram nos últimos meses por aqui: o Onjó. Ontem rolou uma conversa boa, em uma live no Youtube, para falar como foi […]

Quem tem acompanhado nossas redes e trocado ideia com a gente pelos corredores do Nex, já deve ter ouvido falar sobre um novo coletivo fundado por empreendedores do Rio e Curitiba que se conectaram nos últimos meses por aqui: o Onjó.

Ontem rolou uma conversa boa, em uma live no Youtube, para falar como foi a construção desse movimento, razão desse coletivo ter surgido e em como negócios que se unem alcançam uma potência inimaginável.

A conversa foi conduzida por nossas heads de eventos Nex, Camilla Carvalho e Vanessa Marques, que articularam juntamente com outros membros do time, o encontro desses empresários do coletivo Onjó, que ainda está na fase inicial, mas já teve um alcance incrível de pessoas interessadas em conhecer mais e dialogar com a temática proposta.

O pano de fundo norteador dessa conversa foi o afrofuturismo, visto como uma lente que projeta e inspira a construção de novas narrativas para negócios feitos por empresáries pretes que enfrentam diversos atravessamentos sociais para chegar onde estão hoje. 

Embora o afrofuturismo fale de um futuro aparentemente utópico, a inspiração maior é vinda de uma memória ancestral apagada onde dor e sofrimento não foram as únicas lembranças de indivíduos nascidos em diáspora.

Partindo desse ponto onde pessoas pretas vivem, resistem e prosperam, qual o caminho para que, no tempo presente (afropresentismo), esse futuro seja construído? É daí que partimos para apostar em uma construção coletiva onde perguntas começam a ser respondidas e novos caminhos surgem de diversos projetos.

Dentro do Onjó, por exemplo, existem negócios que possuem expertises para solucionar problemas e trazer inovações para o mercado, articulando o olhar de quem já passou por inúmeros desafios com estratégias alternativas, mesmo que com pouco investimento.

Essa capacidade de se reinventar e criar soluções é o que fez esse coletivo se reunir entendendo que uma das jornadas para um futuro mais potente começam com essas pontes criadas para abrir caminho e fomentar negócios que antes não enxergavam possibilidades de expansão para além do que já se conhece.

Enquanto o dinheiro circula nas mãos de um pequeno núcleo que domina grandes redes, grandes marcas e grandes territórios, construir um coletivo que pudesse repensar estratégias de monetização e tornar negócios escaláveis com seus serviços se fez urgente e necessário para puxar outros empreendedores que sobrevivem sem apoio e sem um referencial.

Uma das falas sobre estratégias de hackeamento foi a da Isabela Gonçalves, produtora cultural e de tecnologia, que diz: “a gente [empresários pretos] precisa saber usar as tecnologias, a gente precisa ser alfabetizado digitalmente”. Partindo dessa fala a gente percebe o quanto é urgente em diversos negócios uma mentoria de quem já trilhou um caminho e pode somar forças para inverter a lógica de um sistema que comprime negócios pretos das mais diversas formas. 


(+) Veja também: 5 perfis de mulheres negras para entender sobre racismo estrutural


O coletivo Onjó está construindo uma agenda para 2021 onde mais uniões estratégicas aconteçam entre negócios que precisam de mais visibilidade para chegar onde precisam sem tantas barreiras como as que são enfrentadas hoje. Para além dessa agenda, o convite é para que, aqui e agora, nós possamos construir mais pontes aqui no Nex – onde o coletivo surgiu –  e também da porta do Nex para fora.

Nós estamos aqui para ser palco e articular movimentos que entrem em sintonia com a necessidade de termos negócios que impactem a realidade de pessoas que estão gerindo empresas mesmo em um cenário econômico, político e social desfavorável – na maioria das vezes.

Em breve traremos mais novidades sobre esse coletivo e te convidamos a assistir essa live incrível e inspiradora para conhecer esses negócios e se aliar a essa iniciativa! Clique aqui para assistir na íntegra!

 


Nós realmente mudamos a nossa relação com o trabalho.
Quer saber mais sobre o Nex? Clique Aqui!


Lygia Anthero

15 min.
18nov2020
Novidades

Veja também: