Estamos preparados para garantir segurança para você e sua equipe em nossos ambientes. Acesse o material completo com nossas medidas para prevenção do Coronavírus. Acesse agora Acesse

Cotidiano 07jun2018

O futuro cada vez mais próximo da inteligência artificial

Os avanços tecnológicos com a inteligência artificial estão cada vez mais rápidos, isso não é nenhuma novidade. Nos últimos 60 anos, a tecnologia mudou nossa forma de se relacionar com a internet, encurtou as distâncias com o avião a jato e facilitou as tarefas do cotidiano com o smartphone.    (+) Veja mais: Como criar […]

Os avanços tecnológicos com a inteligência artificial estão cada vez mais rápidos, isso não é nenhuma novidade. Nos últimos 60 anos, a tecnologia mudou nossa forma de se relacionar com a internet, encurtou as distâncias com o avião a jato e facilitou as tarefas do cotidiano com o smartphone. 
 


(+) Veja mais: Como criar e manter uma boa rede de contatos?


 
Mesmo com todas essas mudanças, nenhuma invenção promete revolucionar tanto a nossa vida como a Inteligência Artificial (IA). Esse é um conceito que está presente na cultura já há alguns anos, seja na literatura (os livros de Isaac Asimov falam de robôs desde a década de 50. Eu, Robô é o mais conhecido.), no cinema (A.I. Artificial Intelligence, dirigido por Steven Spielberg, é uma das referências recentes, mas Metropolis, de 1927, já falava sobre o tema) ou até mesmo nos desenhos animados (é só lembrar da Rosey, a empregada dos Jetsons).
Mas, se depender dos últimos produtos anunciados pelas grandes empresas de tecnologia, em pouquíssimo tempo a Inteligências Artificial avançada deixará de ser só coisa de filme. Google, Microsoft e Amazon são as principais empresas empenhadas em oferecer uma IA acessível para seus consumidores, inteligente o bastante para resolver problemas e atuar como verdadeiras assistentes pessoais.
 


(+) Veja mais: Frases de empreendedores de sucesso para te inspirar


 
Alexa, a aposta da Amazon
Lançada no final de 2014, a Alexa é uma assistente virtual presente em alguns produtos desenvolvidos pela Amazon, como a Echo (um alto-falante sem fio) e a FireTV (um console de mídia digital). Ela é capaz de realizar diversas tarefas, como interagir por voz, tocar músicas, configurar alarmes, acender e apagar luzes, alertar sobre informações do tráfego e da temperatura, e até controlar sistemas desenvolvidos por terceiros.
O que mais chama a atenção é sua capacidade de conversar, que é aprimorada constantemente conforme vai conversando com mais pessoas. A Alexa é capaz de responder desde perguntas simples, como “qual é a sua cor preferida”, até questões mais elaboradas, como “você é feminista?” (aliás, ela diz que é).
Em março, a assistente ficou bem conhecida por dar risadas repentinas e assustadoras, apavorando muitos dos seus usuários. Em nota, a Amazon disse que já consertou o problema.

 
Cortana, o investimento da Microsoft
Se você está lendo esse texto em algum computador que tenha o Windows 10 instalado, pode ter uma experiência com Inteligência Artificial agora mesmo utilizando a Cortana, assistente inteligente da Microsoft desenvolvida desde 2009 e lançada para o público no começo de 2014.
Ela é bem parecida com a Alexa em relação ao que é capaz de fazer. Além de definir lembretes, fazer pesquisas e consultar informações climáticas, ela também possui algumas funções mais divertidas, como contar piadas, cantar trechos de hinos de times de futebol ou compartilhar algumas curiosidades do universo em geral.
 


(+) Veja mais: Existem 34 tipos de talento: quais são os seus?


 
Mas a Microsoft não está satisfeita só com isso e tem investido bastante para aprimorar sua assistente. No começo de maio, a companhia de Bill Gates adquiriu a startup Semantic Machines, especializada no desenvolvimento da Inteligência Artificial conversacional. O objetivo da empresa é transformar a Cortana em uma ferramenta capaz de manter uma conversa rica e diversificada com qualquer pessoa, entendendo e conduzindo diferentes assuntos sem depender de comandos de voz pré-estabelecidos.
(Se você quiser ativar a Cortana no seu Windows, é só acessar a barra Iniciar e clicar em Configurações.)
Google Assistant, o líder até agora
O Google Assistant muito provavelmente é o player de Inteligência Artificial mais popular no mundo. Muito disso se deve ao fato dele possuir ramificações em diversos produtos da sua empresa-mãe, como o Google Search, e estar presente na maioria dos celulares que utilizam o sistema operacional Android.
O Assistant é capaz de realizar pagamentos, reconhecer músicas, identificar informações visuais por meio da câmera, criar listas de compras e, naturalmente fazer diversos tipos de pesquisa. É possível interagir com ele tanto por voz como pelo teclado, o que na prática também o torna um chat bot super avançado.
O Google está trabalhando em planos ousados para o seu assistente. No início de maio, durante o evento I/O 2018, foi anunciado o Duplex, um recurso que, quando implementado, possibilitará que o Assistant possa realizar ligações e conversar com outras pessoas em tempo real, podendo reservar um horário num restaurante, por exemplo – tudo isso sem que quem está do outro lado perceba que está conversando com uma Inteligência Artificial.
 


Nós realmente mudamos a nossa relação com o trabalho.
Quer saber mais sobre os planos e serviços do Nex? Clique Aqui!


Nex Conteúdo

15 min.
07jun2018
Cotidiano

Veja também: