Estamos preparados para garantir segurança para você e sua equipe em nossos ambientes. Acesse o material completo com nossas medidas para prevenção do Coronavírus. Acesse agora Acesse

Novidades 25mar2021

Como a Educação em Dados pode trazer benefícios à sociedade?

Vamos falar sobre mineração de dados? Hoje nós recebemos os parceiros da Media On para falar de um assunto cada vez mais importante e que está no radar de muitos negócios: a proteção dos nossos dados e boas práticas quando o assunto é captação e armazenamento.    O mercado de mineração de dados é uma […]

Vamos falar sobre mineração de dados? Hoje nós recebemos os parceiros da Media On para falar de um assunto cada vez mais importante e que está no radar de muitos negócios: a proteção dos nossos dados e boas práticas quando o assunto é captação e armazenamento. 

 

O mercado de mineração de dados é uma das grandes tendências do mundo da tecnologia. Por meio da tecnologia é possível adquirir informações de pessoas que navegam na internet e com eles, traçar comportamentos de compras, gostos e interesses. Em alguns casos, esses dados podem até mesmo serem comercializados para empresas maiores e esses acordos são feitos quando aceitamos a política. Até pouco tempo, o Brasil não possuía leis ou diretrizes que guiavam essas empresas de como lidar com essas informações fornecidas pelos usuários. 

 

A mineração de dados então, cresceu de forma imponente e tomar decisões importantes a partir de análise profunda dos clientes e seus hábitos tornou-se necessário para grandes projetos. 

 

Mas o que acontece quando o uso dos dados coletados passa a ser invasivo à vida daqueles que os forneceram? Ou quando são usados para causar algum tipo de caos social? 

 

LGPD

A LGPD  (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais) ganhou vida e entrou em vigor em meados de 2020. Com ela, os usuários podem decidir as informações que estão fornecendo, recusar-se a fornecê-las e em alguns casos, decidir o que será feito com elas. 

 

Este foi sem dúvida um grande passo para uma internet mais justa e outras iniciativas voltadas para o bom uso desse ambiente, e principalmente das informações obtidas nele, começaram a florescer. A iniciativa Educação em Dados é uma delas, e  visa educar a população, profissionais e interessados sobre o assunto como usar dados minerados de forma legal e não nociva para quem os obtém. Para que você saiba mais sobre o assunto, separamos algumas informações relevantes sobre o Educação em Dados. Confira! 

O que é o Educação em Dados?

O Educação em Dados é um projeto que abriga uma plataforma gratuita com diversos cursos voltados para o ensino e conscientização de mineração de dados no Brasil. Criada pela Social Good Brasil (SGB), o movimento pretende democratizar a educação de dados em território nacional, espalhando um conhecimento muitas vezes elitizado.

 

Os benefícios dessa nova disciplina são inúmeros. Com ela é possível destrinchar a LGPD e garantir que brasileiros estejam aptos a entender como e quais dados são utilizados, quando podem escolher deixá-los públicos ou não, e o que empresas podem fazer com os mesmos. 


(+) Veja também: Lifelong Learning: aprendizado e sobrevivência profissional


 

Maior Governança e Acessibilidade 

Também é interessante ressaltar que estar por dentro do mundo dos dados permite que as mais diversas informações sejam interpretadas da forma correta pelo grande público. Isso significa acabar com o alastramento de fake news e a criação de um criticismo a manchetes duvidosas.

 

Não só isso, empresas que estão por dentro da análise de dados podem se beneficiar com mapas de dados, fluxos e tratamentos que podem servir como guias para futuros negócios.

 

Dentre as filosofias adotadas pelo projeto, o que rege a proposta é o de data literacy, conceito criado pelo Instituto de Massachusetts, é considerado peça chave para atingir o bem comum da humanidade em 2030. 

Já outra metade do que compõe o Educação em Dados é o conceito de Data for Good que segundo a própria SGB visa “criar conexões relevantes e automatizadas entre os participantes da comunidade para fortalecer o ecossistema de inovação social e data for good no Brasil”.

 

Iniciativas como esta estão mudando o mundo.  Inovação e inclusão são temas que devem estar sempre juntos e por isso acreditamos que a educação em dados pode ser um caminho que mudará a forma que pessoas e empresas lidam com informações.

 

E você, quais práticas de gestão de dados já incluiu na sua rotina?

 

Nex Conteúdo

15 min.
25mar2021
Novidades

Veja também: