Estamos preparados para garantir segurança para você e sua equipe em nossos ambientes. Acesse o material completo com nossas medidas para prevenção do Coronavírus. Acesse agora Acesse

Trabalho 28set2017

O que o mercado diz sobre escritórios dentro de um coworking

Coworking é uma tendência em crescimento. A cada ano, mais e mais profissionais optam por compartilhar os espaços de trabalhos com outras pessoas que possuem interesses parecidos. Esse modelo de negócio além de ser uma forma de evitar as distrações frequentes quando se trabalha em casa, é uma opção mais acessível para quem deseja ter […]

Coworking é uma tendência em crescimento. A cada ano, mais e mais profissionais optam por compartilhar os espaços de trabalhos com outras pessoas que possuem interesses parecidos. Esse modelo de negócio além de ser uma forma de evitar as distrações frequentes quando se trabalha em casa, é uma opção mais acessível para quem deseja ter um endereço fixo de trabalho.


(+) Veja mais: Como criar e manter uma boa rede de contatos?


Os números mostram que esse formato de escritório compartilhado veio para ficar. De acordo com a terceira edição do Censo Coworking Brasil 2017, que estuda o mercado de coworkings brasileiro, hoje no país são 56 mil estações de trabalho disponíveis. Mesmo São Paulo representando sozinho 40% de todo o mercado, os espaços compartilhados estão se espalhando para o interior e ocupando bairros menos tradicionais dentro das grandes cidades.
Segundo uma matéria publicada pela Harvard Business Review, as pessoas que usam os espaços de coworking vêem seu trabalho como algo significativo. Além de escolherem projetos que se preocupam e com os quais se identificam, elas estão inseridas em uma cultura de colaboração, onde um ajuda o outro. Pelo fato de ter muitos colegas de trabalho com habilidades diferentes, há muitas oportunidades para a troca de conhecimento, fortalecendo ainda mais o senso de comunidade.
Essas conexões são uma das grandes razões pela qual as pessoas pagam para trabalhar em um coworking, já que além do networking, esse espaço cultiva uma experiência única que atende às necessidades de seus respectivos membros.
Por serem acessíveis diariamente e muitas vezes em horários estendidos, estar em um coworking faz com que cada pessoa tenha autonomia para fazer sua própria rotina. Atentando-se a esse ponto, um estudo realizado pela Movebla, identificou que 59% dos profissionais preferem o acesso à sua mesa de trabalho em horário integral e, não apenas comercial.
De acordo com a pesquisa realizada pela Deskmag, 71% por cento dos participantes relataram um aumento na criatividade desde que se juntaram a um espaço de coworking, enquanto 62% disseram que a forma como trabalham melhorou.


(+) Veja mais: Existem 34 tipos de talento: quais são os seus?


Empresas como Google e Itaú já enxergaram que o coworking pode ser o futuro do trabalho e passaram a investir em seus próprios espaços. Inaugurados em São Paulo, o Campus Café e o Cubo coworking fomentam o empreendedorismo, atraindo empresas para que se tornem residentes ou pessoas que desejam empreender e precisam de um espaço inovador para iniciar o projeto.
Viu só? Os modelos de espaços compartilhados estão crescendo a cada dia e tornam-se um incentivo para que empreendedores deem o primeiro passo para começar ou alavancar o seu negócio. Conheça os espaços do Nex e veja como eles podem te ajudar na sua empreitada!


Nós realmente mudamos a nossa relação com o trabalho.
Quer saber mais sobre os planos e serviços do Nex? Clique Aqui!


Nex Conteúdo

15 min.
28set2017
Trabalho

Veja também: