Estamos preparados para garantir segurança para você e sua equipe em nossos ambientes. Acesse o material completo com nossas medidas para prevenção do Coronavírus. Acesse agora Acesse

Trabalho 07out2016

Networking: como começar uma conversa interessante?

Começar uma conversa com um desconhecido não é uma das tarefas mais fáceis, tornar esse contato interessante de forma que a outra pessoa realmente fique engajada no assunto é ainda mais complicado. Algumas pessoas fazem networking naturalmente desde sempre, antes mesmo que essa prática fosse classificada como tal. Já para outras, além de ter que […]

Começar uma conversa com um desconhecido não é uma das tarefas mais fáceis, tornar esse contato interessante de forma que a outra pessoa realmente fique engajada no assunto é ainda mais complicado. Algumas pessoas fazem networking naturalmente desde sempre, antes mesmo que essa prática fosse classificada como tal.
Já para outras, além de ter que lidar com características pessoais, como medo e timidez, é preciso saber escolher o assunto certo para determinado contexto e, principalmente, aceitar que o risco de ser ignorado existe, mas, se acontecer, não significa que você é uma pessoa sem graça ou algo do tipo.

Ok. Então, como aumentar as chances de um bom networking?

Um dos erros mais comuns que as pessoas cometem ao tentar uma primeira aproximação, seja no ambiente de trabalho, evento profissional ou mesmo no bar, é começar fazendo perguntas fechadas.
Como assim?
Existem perguntas fechadas, que são aquelas cujas respostas podem ser “sim” ou “não”. E perguntas abertas, em que a pessoa que irá responder precisa se posicionar de uma forma mais aberta e abstrata, abrindo várias possibilidades para a conversa se tornar interessante.
Pensando nisso, e na importância do networking em ambientes colaborativos, o Nex selecionou três maneiras criativas e fáceis para se colocar em prática e começar hoje mesmo uma conversa interessante com outra pessoa.

1. Fale sobre algo engraçado que aconteceu com você

“Nossa, ontem eu estava no bar e acabei confundindo uma pessoa que estava de branco com o garçom… Fiquei vermelho de tão sem graça!”.
Você não precisa ser o Fábio Porchat para fazer alguém rir. Lembre de uma história que aconteceu com você recentemente e conte da forma mais descontraída possível.
Todo mundo gosta de ouvir histórias e todo mundo gosta de rir. Só tenha o cuidado de focar em algo que aconteceu com você para não parecer “fofoca” ou deboche.

2. Comente uma vulnerabilidade sua

“Eu nunca consigo acertar na quantidade de pó de café”.
Segundo a psicóloga e pesquisadora Brene Brown, que ficou mundialmente famosa pela TED Talk O Poder da Vulnerabilidade, a vulnerabilidade demonstra coragem e passa a impressão de honestidade.
As chances da outra pessoa se identificar com o problema e se esforçar para te dar algum conselho também são bem grandes, o que não só te ajudará a começar uma conversa interessante como também criará uma conexão imediata entre vocês dois.

3. Faça um elogio ao mesmo tempo em que faz uma pergunta

“Oi! Estava reparando que você está usando um brinco muito legal. Onde eu consigo um igual?”.
Começar uma conversa desta forma pode ser um pouco perigoso porque, dependendo da pergunta, ela pode parecer invasiva ou no mínimo inconveniente. Mas de forma geral costuma funcionar muito bem.
Faça um elogio sincero sobre algum acessório ou peça de roupa que alguém  esteja usando. A outra pessoa vai se sentir bem e ainda se esforçará para te dar uma resposta mais elaborada – afinal, você acabou de elogiar ela.

Fórmula mágica

Apesar das dicas serem extremamente úteis, independente se você é tímido ou não, a verdade é que não existe uma fórmula mágica que vá funcionar em qualquer situação.
Fazer um elogio, por exemplo, pode ser interessante em uma conversa descontraída de corredor, mas considerada bem invasiva numa reunião formal com os diretores de uma empresa que você ainda não conhece.
Por isso, tenha em mente que a melhor forma de começar uma conversa interessante é aquela que soa a mais natural possível.
Evite perguntar “o que você faz?” ou “onde você trabalha?”. Além de todos nós já estarmos cansados de ouvir essa mesma pergunta, a outra pessoa pode se sentir desconfortável em responder, logo no início, questões pessoais.
E aí, pronto para colocar em prática as dicas e dar um upgrade no seu networking? As pessoas estão cheias de assuntos interessantes esperando para serem explorados por você!

Nex Conteúdo

15 min.
07out2016
Trabalho

Veja também: