Estamos preparados para garantir segurança para você e sua equipe em nossos ambientes. Acesse o material completo com nossas medidas para prevenção do Coronavírus. Acesse agora Acesse

Novidades 02set2020

Gerando mais impacto: como a nova área do Nex surgiu?

Transformar o Nex em um negócio que gera mais impacto – uma decisão, um direcionamento e muitas dúvidas. A primeira delas: por onde começar? Nós começamos criando uma área de impacto socioambiental que – esperamos – não precisará mais existir em breve. Como assim, criaram uma área que está predestinada a desaparecer? Sim, isso mesmo. […]

Transformar o Nex em um negócio que gera mais impacto – uma decisão, um direcionamento e muitas dúvidas. A primeira delas: por onde começar?

Nós começamos criando uma área de impacto socioambiental que – esperamos – não precisará mais existir em breve. Como assim, criaram uma área que está predestinada a desaparecer? Sim, isso mesmo. E explicarei porquê.

A gente sempre teve em nosso DNA valores que fazem do Nex uma empresa extremamente focada no fator humano e no impacto que causamos na sociedade. Não à toa, nosso propósito é transformar a relação das pessoas com o trabalho, fazer o dia das pessoas mais feliz. Passamos tempo demais no escritório e já não admitimos que esse tempo seja ruim ou insignificante. Somos parte de uma grande mudança e entendemos que podemos fazer muito mais. Não de hoje, adotamos pequenos gestos que traduzem essa nossa preocupação e desejo de contribuir com a comunidade – com nosso time, nosso entorno, com o meio ambiente e com todos aqueles que interagimos de alguma forma.


(+) Veja também: Sustentabilidade: empresas usam lixo como matéria-prima


E que melhor momento para assumir esse compromisso de forma consistente do que agora? Como todos sabem e sentem na pele todo dia, estamos vivendo uma forte transformação – o mundo como a gente conhecia até então está completamente mudado (e mudando). A Covid-19 está fazendo a gente rever valores e mudar hábitos da sociedade – globalmente. E isso é muito potente.

Vários futuristas internacionais dizem que a pandemia está sendo um acelerador de futuros, antecipando mudanças que já estavam em curso, como o trabalho remoto, a educação à distância, a busca por sustentabilidade e a cobrança, por parte da sociedade, para que as empresas sejam mais responsáveis do ponto de vista social. Isso tudo já estava acontecendo, a passos lentos, e agora ganha uma relevância ainda maior. Então decidimos que era hora de começarmos essa transformação interna também. Já estamos nos reinventando para sobreviver a esse novo cenário que se apresenta. E agora estamos adicionando mais uma lente – iremos fazer isso de forma consciente e sustentável.

E por onde começar?

Desde 2016, flertamos com um movimento chamado Sistema B. Participamos da primeira edição do Rio+B, um programa que incentiva empresas e redes de negócios a avaliarem e tomarem consciência de seu impacto socioambiental na cidade do Rio de Janeiro. Participamos de um laboratório, trocamos com outras empresas de perfil parecido ou não com o nosso, preenchemos um questionário e avaliamos o quanto nosso negócio estava gerando impacto. Essa foi a primeira sementinha plantada, que nos abriu uma série de oportunidades e serviu de gatilho para essa mudança que queremos implementar agora. Então, nada mais natural que a gente optasse por começar por aí.

Mas o que é o Sistema B e o que isso tudo significa? 

Segundo as próprias palavras do Sistema B Brasil, é um “movimento que busca uma nova “genética” econômica que permita que os valores e a ética inspirem soluções coletivas sem esquecer das necessidades particulares”. Um movimento global que acredita em uma economia inclusiva e regenerativa, que pretende redefinir o conceito de sucesso nos negócios, identificando empresas que utilizem seu poder de mercado para solucionar algum tema social e ambiental. Criada nos Estados Unidos – B Lab, a iniciativa tem o objetivo de apoiar e certificar as organizações que criam produtos e serviços voltados para resolver problemas socioambientais.

Aqui no Nex, estamos usando a certificação B como ponto de partida, para traçarmos nossos objetivos e percorrer o caminho que irá transformar nosso negócio. Muitos projetos de melhorias em todas as áreas estão nascendo a partir desse novo olhar – de cuidado com todos os stakeholders e com o ecossistema. E por que então contamos (e desejamos!) que essa área um dia não precise mais existir? Porque acreditamos que essa é uma mudança de atitude transversal, que deve percorrer todas as nossas decisões e escolhas daqui para frente. É uma nova visão de como fazer negócios, que não pode estar limitada dentro de uma única esfera, precisa permear a companhia como um todo. Nós optamos por transformar nossa organização, e isso significa que todos estarão profundamente envolvidos nesse processo. No fim das contas, é sobre um movimento de ressignificação não só da empresa, mas também – e principalmente – das pessoas que fazem parte dela.

Nex Conteúdo

15 min.
02set2020
Novidades

Veja também: