fama depois dos 30-empreendedorismo-nex

Fama depois dos 30: 5 famosos que alcançaram

Em Cotidiano, Trabalho por Nex CoworkingFaça um Comentário

Quem disser que nunca pensou em ser famoso provavelmente está mentindo. Temos tanto contato com histórias de sucesso que é quase inevitável não imaginar como seria a nossa vida se fossemos astros internacionais, capazes de ter o rosto reconhecido em qualquer lugar do mundo. Mas dificilmente pensamos na fama depois dos 30, não é mesmo?


(+) Veja mais: Como criar e manter uma boa rede de contatos?


O que a gente não imagina é que muitos nomes conhecidos da TV e do cinema passaram grande parte da vida sendo pessoas comuns e só alcançaram o estrelato depois de terem passado dos 30 anos de idade.

HARRISON FORD

Ele, que já foi Han Solo, Indiana Jones e o presidente dos Estados Unidos nos cinemas, até os 35 anos era apenas um carpinteiro, que vivia de bicos para ganhar algum dinheiro e sustentar a família. Harrison Ford já havia atuado em alguns filmes na década de 60, mas, desanimado com os papéis pequenos que recebia e a falta de perspectiva, abandonou a carreira de ator em 1970.

Foi só graças a intervenção de Fred Roos, um produtor cinematográfico que também era seu cliente, que conseguiu um papel na comédia American Graffiti, de 1973, que foi dirigida pelo jovem diretor George Lucas – que mais tarde também o dirigiria nas franquias Star Wars e Indiana Jones, responsáveis por catapultar Harrison ao estrelato mundial. 

SAMUEL L. JACKSON

Mesmo já tendo mais de cem filmes no currículo, Samuel L. Jackson só começou pra valer sua carreira como ator de cinema aos 43 anos, no filme Febre da Selva, dirigido por Spike Lee. Os dois já se conheciam há alguns anos, graças ao ativismo político exercido por Jackson em favor da igualdade racial nos Estados Unidos. Três anos mais tarde, o ator, no papel de Jules Winnfield, seria um dos protagonistas do icônico Pulp Fiction, de Quentin Tarantino.

 


(+) Veja mais: Frases de empreendedores de sucesso para te inspirar


 

LUPITA NYIONG’O

De origem queniana e nascida no México, Lupita começou sua carreira no mundo cinematográfico atuando por trás das câmeras, ajudando na produção e edição de filmes e documentários. Mesmo tendo atuado em algumas peças de teatro na adolescência, sua estreia pra valer como atriz se deu só aos 30, no filme 12 Anos de Escravidão, de 2013, que de cara já lhe rendeu o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante.

A partir daí, seu nome também apareceu no elenco de grandes blockbusters, como Star Wats: O Despertar da Força (2015), Pantera Negra (2017) e Vingadores: Guerra Infinita (2018).

SYLVESTER STALLONE

Hoje, já com 71 anos, Sylvester Stallone é uma das figuras mais conhecidas do cinema mundial, principalmente pelos suas atuações nos filmes de ação dos anos 70 e 80, em especial Rambo (1982) e Rocky (1976). Porém, antes de conseguir emplacar seus primeiros papéis, ele chegou a ser despejado do seu apartamento, morou por três semanas numa estação de ônibus de Nova York e, no momento de maior desespero, vendeu seu cachorro de estimação por 25 dólares – que ele tratou de recomprar assim que recebeu seu primeiro cachê.

 


(+) Veja mais: Existem 34 tipos de talento: quais são os seus?


 

MORGAN FREEMAN

Por muito tempo, Morgan Freeman foi só mais um desconhecido ator de teatro tentando conseguir um papel relevante na TV ou no cinema, o que ele só conseguiu aos 50 anos, no filme Armação Perigosa (1987), dirigido por Jerry Schatzberg. A produção lhe rendeu de primeira uma indicação ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante – prêmio que ele só viria a conquistar em 2004, aos 67 anos, pelo filme Menina de Ouro.  

 


Nós realmente mudamos a nossa relação com o trabalho.
Quer saber mais sobre os planos e serviços do Nex? Clique Aqui!


Sobre o Autor
Nex Coworking

Nex Coworking

Nós acreditamos que o dia de trabalho das pessoas pode ser mais feliz. Por isso criamos o Nex e aliamos soluções práticas e flexíveis de gestão de escritórios a uma estratégia de estímulo às conexões em uma poderosa comunidade empreendedora. Como um coworking, o que nos motiva todos os dias é criar um ambiente inspirador, onde as pessoas possam desenvolver suas oportunidades de negócio ao mesmo tempo que encontram seu propósito. Somos parte de uma grande mudança e queremos mais. Mudar a relação das pessoas com o trabalho é só o começo de tudo o que queremos para o mundo.

Deixe seu comentário