livros escritos por pessoas trans-empreendedorismo-negócios-coworking-nex

3 livros escritos por pessoas trans para ler em 2019

Em Cotidiano por Nex CoworkingFaça um Comentário

Muito se fala em representatividade nos tempos atuais, mas talvez o T da sigla LGBT ainda seja a parte que é menos bem representada – e que mais sofre consequência por conta disso. Segundo a pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) de 2013, a expectativa de vida de pessoas trans, que não se identificam com o gênero com que nasceram, não passa dos 35 anos.


(+) Veja também: Como repensar a masculinidade ajuda a construir uma sociedade mais igualitária?


Justamente para quebrar tantos preconceitos infundados sobre esse grupo social é importante conhecê-los e entendê-los melhor. Aliás, quantos livros escritos por pessoas trans você já leu? Muito provavelmente poucos, né? Natural, já que eles ainda sejam imensa minoria nas editoras.

livros escritos por pessoas trans-empreendedorismo-negócios-coworking-nex

Livros escritos por pessoas trans são fontes de inspiração e coragem

Mas eles existem e ganham vários prêmios, inclusive. Vamos conhecê-los? Seguindo o movimento #leiamulheres, que incentiva a leitura de mais autoras, e até o #leiaumalésbica, que visa mostrar as autoras que se relacionam com pessoas do mesmo gênero, vamos entrar na onda do #leiaumapessoatrans para celebrar o Dia Nacional da Visibilidade Trans, reconhecido desde 2004 no dia 29 de janeiro. Para terem seus direitos garantidos essas pessoas precisam, antes de mais nada, serem vistos e compreendidos. “Informação é fundamental e para mudar estereótipos é preciso criar novas narrativas”, é o que diz a ativista e escritora Jaqueline Gomes de Jesus, uma das maiores referências trans no meio acadêmico.

Por isso, vamos te indicar 3 livros escritos por pessoas trans para ler neste ano!

1. Viagem Solitária — João W. Nery

Uma ótima biografia para entender a trajetória de pessoas trans no Brasil. O psicólogo e escritor João Nery foi o primeiro homem trans a passar pela cirurgia de redesignação sexual no país, em 1977, ainda durante a ditadura civil-militar. No livro ele conta sua história e vivência trans, grande parte em uma época ainda mais hostil à presença desse grupo social.

Em setembro do ano passado, quando descobriu que o câncer havia atingido seu cérebro, João divulgou uma nota nas redes sociais, em um trecho ele destacou:

“Continuem a nossa luta por nossos direitos, se unam, não oprimam os nossos irmãos oprimidos já por tanta transfobia e sofrimento. Basta saber quem é e que se sente do gênero masculino. Vamos nos respeitar, nos unir, nos fortalecer e, sobretudo, ensinar aos homens cis o que é ser homem sem medo do feminino”

2. Todos os Pássaros no Céu — Charlie Jane Anders

A obra da escritora e comentarista norte-americana Charlie Jane Anders ganhou os prêmios Nebula, Locus e foi finalista do Hugo. Além disso, foi eleito pela Time Magazine como um dos cinco melhores livros do ano. Assim ela já conquista, mas tem mais coisa interessante nesse livro: ele reúne história de amor, fantasia e ficção científica.

Patrícia tinha a capacidade de falar com animais e se transformar em pássaros. Laurence construía supercomputadores e máquinas do tempo. Os dois se separam e, quando se reúnem novamente, o mundo está prestes a implodir. Patrícia é formada em uma escola de magia e Laurence é um cientista tentando salvar a humanidade. Ao se reconectarem, se veem em lados opostos em uma guerra entre ciência e magia. E o destino do mundo depende dos dois.


> Veja também: No Dia da Visibilidade Trans, conheça 4 intelectuais que são referência no mundo acadêmico


3. Apenas uma Garota — Meredith Russo

No romance, a escritora norte-americana Meredith Russo retrata a história de uma garota, a Amanda, do Tennessee, que, como ela mesma, se descobre trans. Essa é uma das poucas obras disponíveis no mercado editorial que conta com uma protagonista transgênero. No entanto, o livro não é sobre sofrimento. Ele aborda a temática com leveza pois seu objetivo, como comentou em entrevista ao Washington Post, era escrever um livro “no qual acontecessem coisas boas a uma pessoa trans”.

Você pode saber mais sobre a Meredith nessa entrevista concedida para o Marie Claire.

BÔNUS

Temos mais uma dica surpresa para você! Uma coletânea de poemas escritos por pessoas trans que participaram de um projeto social em São Paulo. Quer saber mais? preencha o formulário abaixo e te mandamos por e-mail! 😉


Já leu algum? Ou acrescentaria outro na lista? Conta pra gente! 😉


Nós realmente mudamos a nossa relação com o trabalho.
Quer saber mais sobre os planos e serviços do Nex? Clique Aqui!


Sobre o Autor
Nex Coworking

Nex Coworking

Nós acreditamos que o dia de trabalho das pessoas pode ser mais feliz. Por isso criamos o Nex e aliamos soluções práticas e flexíveis de gestão de escritórios a uma estratégia de estímulo às conexões em uma poderosa comunidade empreendedora. Como um coworking, o que nos motiva todos os dias é criar um ambiente inspirador, onde as pessoas possam desenvolver suas oportunidades de negócio ao mesmo tempo que encontram seu propósito. Somos parte de uma grande mudança e queremos mais. Mudar a relação das pessoas com o trabalho é só o começo de tudo o que queremos para o mundo.

Deixe seu comentário

Sobre o Nex

Mais do que um espaço de trabalho, somos um ecossistema de empreendedorismo e inovação, onde conhecimento, trabalho e entretenimento acontecem juntos.

Sbore o Nex

Error: Access Token is not valid or has expired. Feed will not update.
This error message is only visible to WordPress admins

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.

Instagram

Inscreva-se

Receba nossos conteúdos exclusivos.